Marítimo

seagull

 

Saíram em grupos
depois mais três e
os outros e vocês
pra ver de perto
se era verdade
pra ver no dentro
disputar espaço
com gaivotas
já na janela e
ver de novo o
verde dos olhos
que são teus

teve até briga
alguns feridos
gaivotas sorrindo
mas como amam aquele verde

Fêre Rocha

Publicado em Poema, Poesia, Poet, Poetry | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Renata Swoboda – Clipe “De Novo”

1399678_729683223728103_502619717_o
Uma das vozes mais lindas (fodas) dessa ilha, dessa Santa que é Catarina, desse Brasel.
Há alguns anos acompanho e sou fã do trabalho da Renata Swoboda. O clipe “De Novo” faz parte de seu lançamento mais recente.

Clica e assiste pra ficar fã também.
https://youtu.be/HcvpVcdWnoE

Publicado em Música | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Do escuro

9af5aa7beae7635f2f0992c300b386e9

João sente fome. Sente fome todos os dias. Na rua em que perambula tem um poste com buraco no início porque o cimento rachou. João passou a colocar a fome naquele buraco, todos os dias. Ficou escuro. Em todas as noites aquele é o poste sem luz.

Nem poste aguenta fome de criança.

Fêre

Publicado em Poema, Poesia, Poet, Poetry, Prosa poética | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário