História incendiada

Foto: Inforpress/divulgação

arquivo
a gente queima
etapa e
lei
a gente queima
agora história,
até ela josé
a gente queima
e agora josé
menos ontens
menos ainda
josé, por que?

fêre rocha

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vestindo uma causa

Hoje não trago meus escritos, trago uma causa.
Peço que assistam a esse vídeo, conheçam mais sobre o projeto.
Um resultado muito feliz da parceria da loja online Amevoce com o canal Antídoto, do YouTube. Parte do lucro nas vendas das camisetas foi revertido para o Cantinho dos Idosos, em Floripa. No vídeo tá explicando tudo e como você também pode ajudar.

São quase seis minutos do teu dia. Pare pra assistir. Ajude, se puder. Agradeço. Eles agradecem também. <3
Ah! O canal Antídoto é uma beleza, um respiro, baita trabalho de um grande amigo. Recomendo.

Fêre

 

Publicado em Cinema, parceria | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Solitude

Entre os uivos em nossas paredes ocas e apenas nelas é que percebemos a impossibilidade da presença de outros uivos durante o caminhar. Não há externo, não há alguém por você lá, mas também há. Há sempre porção de presenças afetuosas que ausentes se farão logo ao dobrarmos a esquina. Os caminhos são parecidos a todos, somos nós que fingimos não ser, com nossa ilusão psicotrópica desde quando paridos. Os bandos, os pares, os afins, os acolhedores e os que nos causarão algum prejuízo, sempre estiveram e estarão. Não falo sobre viver só, um não precisar arrogante; mas sim da absoluta solitude necessária para se poder tornar algo que valha a vinda nesse caos bonito e áspero. Mas é nas paredes ocas, resistindo aos abandonos, aceitando que ninguém é caminho pra voltar pra casa, que aceitamos. Vemos que de fato vivemos em relações de conveniência, na maior amplitude que a palavra possa ter. E é tão humano o descarte. E é tão humano o descartar em forma sutil ou exibida nesse convés do desinteresse. Nada errado. Ninguém pode ser caminho pra ninguém e a gente sempre soube. Entretanto, ter coragem pra ficar só nas paredes ocas ouvindo os próprios uivos, quase ninguém tem.

Fêre Rocha

Publicado em Ensaio | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário