Poema, Dia do Rock e Afins

 
Capa do álbum Nevermind do Nirvana, banda rock/grunge anos 90

Capa do álbum Nevermind do Nirvana, banda rock/grunge anos 90

13 de julho —> Dia Mundial do Rock!  O dia foi instituído em 1985 com a realização do festival Live Aid que arrecadou fundos para vítimas da fome na Etiópia. O festival aconteceu na Inglaterra e nos EUA.

Não tinha como não relembrar a data por aqui. Gosto muito de rock (e de bossa nova tbm, vai me entender han?), e apesar de muitos nomes internacionais surgirem na memória, temos coisas muito boas ou tivemos por aqui também. Para citar alguns: Titãs (anos 80 e 90 mais especificamente), Legião Urbana (mesmo com músicas mais lentas e suaves, fez muito rock) e Los Hermanos (que para mim foi a grande sacada diferente dos anos 2000 no Brasil… voltem a tocar mais gurizada)! Tem muito mais é claro, além de tanta banda boa independente…já ouvi muito Pato Fu também, mas está registrado então o rock day.

 Ainda bem que existe o rock, o que eu faria para me animar e até dançar caso não houvesse rock ‘n’ roll ? Axé, eletrônica ou funk??? Thanks God for rock. \o/

E para combinar com a data, deixo aqui mais um poema meu (quem já leu, pode reler) que faz um suave protesto ao comodismo, marasmo e rotina humana. Bom dia a todos.  Fereh (Fereh é mulher, menina, girl, ragazza…ok? Andaram confundindo meu apelido haha).

 

Aceitação do Como Está Fica

Tome cuidado que contamina,

Essa mania de conformismo,

Não há idade, não há vacina,

Pra contrair ora, é quase sina,

Seja no sonho ou realismo.

É um marasmo do quase bom,

Quase chegar, quase sentir,

É um atalho quase sem som,

Ânimo falta, te foje o tom,

Não há sentido em resistir…

 Porque é mais fácil e confortável,

Acomodar não gasta muito,

Te faz contente, é formidável,

Aceitar pouco é agradável,

Não cansa a gente, não dá tumulto.

(Fernanda Rocha)

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Poema, Dia do Rock e Afins

  1. Fernando Lago disse:

    Também gosto de rock (também sou fã de bossa nova rsrsrs – vá entender, deve ser complexo do nome). Especialmente no Brasil o rock tem um papel muito importante. Também tem um significado bem grande na minha vida, porque foi naquelas revistinhas de rock que eu ensaiei as minhas primeiras notas musicais. Legião Urbana era o que eu mais tocava.

    Quanto ao poema, é muito bom! É verdade, se conformar é muito confortável. A luta pela mudança cansa demais! Deixa tudo como está!

  2. Mari disse:

    Fe, gostei desse poema. Realmente é fácil acomodar… na minha opinião um dos maiores problemas da humanidade é o conformismo e a capacidade de pensar o impensável… enfim… Ci toca farlo ;)
    Beijos pra vc!!!!

  3. Mari disse:

    *inapacidade!

  4. vilmarrsjr disse:

    Há alguns anos eu escutava bastante LH, sorte que eu não tinha barba, se não eu deixava igual a do Camelo :P
    Quanto ao apelido, quando eu usava “birma” na internet algumas pessoas confundiam tbm, encontrei até uma mulher com esse nome no orkut! kkk

  5. Mila rolsi vwx disse:

    Oie galera tambei so rockeira!! O rock core na minha a veia. O rock e um geito de eu se felis me fale quei nao e rockeira o rockeiro… …Bjs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s