“Nade”

"Navegar é preciso han"

 

“Quando a água bate na bunda, aprendemos a nadar… Mas depois de repetidas vezes, já não deveríamos saber os saltos ornamentais”?

(Fernanda Rocha)

 

Buon sabato e domenica a tutti!

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para “Nade”

  1. Vilmar disse:

    Eu digo que uns 97% de todo mundo quer saber nadar o suficiente ou mesmo usar “bóias” pra não molhar a bunda. Uma parte bem pequena de todo mundo se interessa em aprender mais do que isso, mais do que o suficiente. Foi assim que eu interpretei o post ;~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s