A arte de ser: você

 

“E aqueles que foram vistos dançando, foram julgados insanos por
aqueles que não podiam escutar a música”.
             Friedrich Nietzsche

“NORMOSE”
     (a doença de ser normal)
Todo mundo quer se encaixar num padrão.
Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar.
O sujeito “normal” é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido.
Bebe socialmente, está de bem com a vida, não pode parecer de forma
alguma que está passando por algum problema. Quem não se “normaliza”,
quem não se encaixa nesses padrões, acaba adoecendo. A angústia de não
ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões,
síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento.
A pergunta a ser feita é: quem espera o quê de nós?
Quem são esses ditadores de comportamento que “exercem” tanto poder
sobre nossas vidas?

 Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim
ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha
“presença” através de modelos de comportamento amplamente divulgados.
A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer ser o
que não se precisa ser. Você precisa de quantos pares de sapato?
Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão
chegar?

Então, como aliviar os sintomas desta doença? Um pouco de auto-estima basta.
Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as
regras bovinamente, e sim, aquelas que desenvolveram personalidade
própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo.
Criaram o seu “normal” e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não
passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original.
Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É
fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

Eu simpatizo cada vez mais com aqueles que lutam para remover
obstáculos mentais e emocionais e tentam viver de forma mais íntegra,
simples e sincera. Para mim são os verdadeiros normais, porque não conseguem colocar máscaras ou simular situações. Se parecem sofrer, é porque estão sofrendo. E se estão sorrindo, é porque a alma lhes é iluminada. Por isso divulgue o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.

(Michel Schimidt
     Psicoterapeuta)

*Recebi esse texto da colega Juliana Bitencourt e achei super oportuno para os tempos em que estamos vivendo…

Quero mandar um oi e um thank you para alguns alunos que acessaram o Canto de Escritos! \o/ Thank you folks!! And come to this blog always you want, hehe.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigo e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para A arte de ser: você

  1. Fernando Lago disse:

    “Eu prefiro ser essa metamoforse ambulante…”

    Parabens! Bom Texto!

    Fernando Lago

  2. Graziela disse:

    Sempre me angustiou ter quer ser igual aos outros… “Tenho quase certeza que eu não sou daqui…” Mas também estou sempre tentando ser igual.

  3. Naty disse:

    Nossa…eu lendo athe o final e jurando q o texto era seu hahaha…mas parabens mesmo assim..otima escolha…
    O triste eh ver que somos nos que exigimos de nos mesmos…ser o que nao somos…sacas?
    hahaha
    bjoo.

  4. Angela Reche disse:

    Fê, querida…
    Fazia tempo que eu não acessava o seu blog… Tudo por conta da danada falta de tempo, que eu “sofro” desde que ganhei o maior presente do mundo…
    A Mariana sente muita falta da mãe dela, e por este motivo, o tempo em que estamos juntas é muito bem aproveitado… A gente não se desgruda!!!hehehe
    Tive uma surpresa bastante agradável quando acessei e conferi seus posts… Sua criatividade e talento têm rendido ótimos frutos… Parabéns, viu!!!!
    Saudade… Venha conhecer a minha bonequinha linda….

  5. Nando disse:

    é verdade, sempre queremos mais… e nunca estamos 100% satisfeitos, mais… é uma maneira de não parar no tempo, creio que isso nos ajuda a progredir…
    Com bastente auto-estima e um bom humor…
    Bom Humor é Fundamental!!!!
    beijo Fereh

  6. Vavá disse:

    Eu sempre torci para nao ter essa anomalia de Normose huahuahuahua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s