Do Alto

Foto: Felipe Godoi

Do Alto

 

Pena

de pássaro

Passou por

Perto.

Pluma perfeita

Passou e

Parou.

Passo perfeito

Por onde

Planou.

Pena,

Que pena

Possuir só

Pele.

Pudera

Por poucas

Passagens

Poder então

Pedir pena,

Pena pra

Partir

Pro alto e

Planar

Pairar

Por preciosos

Pequenos

Prazerosos

Períodos de

Pássaro,

Valeria

A pena.

Fernanda Rocha

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para Do Alto

  1. Jorge disse:

    Simplesmente lindo !!

  2. Joisce disse:

    Muito bonitoooo!!!
    ótimo texto.

    Joisce

  3. Natalia disse:

    Lindo lindo poema!
    Que pena ter só pele…adoreiiii! hehe
    bju

  4. Teresinha disse:

    Lindo o poema!
    Linda a foto!
    Talentosa a família!
    Beijos
    Tere

  5. Taci Balbisan disse:

    Passei um tempo lendo teu blog hj…
    Adorei!! Vc é boa nisso!
    Bjoss

  6. INESMAMIS disse:

    ME SENTI UMA PLUMA VOANDO ATRAS DESSA PENA,UMA PENA EU NAO SER PASSARO PRA TE ENCONTRAR E FLUTUARMOS SEM PELE, SO COM A ALMA DOS POETAS…NOSSA… AMEI MINHA ESCRITORA PREDILETA! TA NO SANGUE, FAZER O QUE…

  7. fereh disse:

    Thanks mommy!!! Sim a ideia a essa – passar o sentido de pluma e a insatisfação de não podermos voar. (Não neste plano han??)

  8. Genial! Achei um tanto Cruz e Souza, com essas aliterações.
    E a gente que diga, que pena possuir só pele!

  9. poema-passarinho praticado pela primorosa poetisa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s