Novo Escrito

Tranca

Se desfaz da chave torta

Para trancar a boca…

Quisera a boca

Se fingisse de morta

E no mesmo lugar

Se fizesse porta

Porque melhor que língua frouxa

É o resguardo da fala louca

Com belos trincos

Da mais alta moral

Tipo do alarme

Pouco importa

Se desfaz da chave torta

Para poder de verdade

Não abrir a boca porta.

Fernanda Rocha

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Novo Escrito

  1. Natalia disse:

    Lingua froxa é um sério problema…as vezes da vontade de “cadear” a boca de certos hehehe
    E o posto de carnaval cade??? Falando do que vc aaaaaaaaamaaaaaaaaaaa!!
    hehehe
    Bjuu!

  2. Mari disse:

    Adorei o poema Fê! Parabéns!
    Muitos planos pra esse carnaval?
    Saudades, Beijos!

  3. fereh disse:

    Nati! Pois é mana cadear dos outros e de nós mesmos (I know..). E quanto ao carnaval…só se não fosse no trio elétrico e nem nenhum show de axé.. até que rolava haha!

    Mari querida! Obrigada pela leitura. Temos planos de descansar bastante…hehe e vc por aí tudo bem?

  4. Paula Fernandes disse:

    Muito adequando !!! Muitas vezes as pessoas não são proprietárias da chave das suas boca/porta. Então não são donas nem do que entra e sai por elas…. Bem triste!

  5. Vavá Bet disse:

    Fereh, parabéns, cada vez mais harmoniosos e inteligentes seus escritos! Sucesso!!!

  6. Fabíola Carvalho disse:

    Fê!, parabéns! Que textos lindos, sempre estou dando uma voltinha por aqui, mas fico desse lado da rede,…
    Parabéns ….bjssss

  7. Ines disse:

    Trava do bocas ou portas…desde q a trava resolva; pouco importa;a palavra nao se faz morta,nao sai de boca errada,nao vira ideia remota… Assim é vc ninha escritora favorita,nao deixa q as melhores ideias saiam das pessoas erradas…vc é a tranca p os maus escritores!!adore!!iParabens!!

  8. maria disse:

    Adorei o poema Fê! Parabéns! E adoro vc. Esse poema tem tudo haver com nossa atual realidade. Muito bom. Bjs… e canso de falar que vc me emociona em cada escrita. Um dia quero receber de presente seus poemas, em forma de livro. Bjsss

    • Fereh disse:

      Nossa Maria! Que bonito. Muito obrigada pelas tuas palavras sempre aqui no Blog!
      Ainda não assimilei a tua ida pra casa…mas apoio muito, hehe.
      Se um dia eu tiver um livro…um dos primeiros que levarei no Correio será o teu.
      Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s