Poema da Fêre – republicando

Para muitos é um velho poema. Mas para outros novos leitores – ele é novinho e fresco, assim como as manhãs de primavera.

Enjoy it!

pássaros

 

Que faz a manhã valer a pena

 

Foram tão  bem feitos os passarinhos…

Tem barulho que incomoda
mas canto de pássaro
nem é barulho
é música, no ar
bem cedo
fazem pose nos fios de luz
e cantam sem parar

É um tipo de bicho alegre, não é?

De manhã
depois das dez
ainda estão a cantar
mas baixam o tom
não sei se é pra cidade
começar a berrar
Ou se a cidade barulhenta
que os faz calar

Eles não gostam
do duelo
entre buzina e apito
parecem fiéis
aos mesmos decibéis
cantam mansinho
gosto mesmo é de som de passarinho

Devem ser alegres…

 

Fêre Rocha

passarinhos voando

Anúncios
Esse post foi publicado em Poema, Poesia, Poet, Poetry e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Poema da Fêre – republicando

  1. Lindo! Aqui todos os dias cantam pássaros a me acordar. Sinfonia que toca o coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s