Domingos

14925477_1435509359796034_4813913104656926645_n

Lamentava domingos
assoprava o calendário
pra ver se passava
se passava as mãos e
no rosto achava a
boca lamentando
domingos
congelava o calendário
punha no freezer
pra ver se parava e
pararia ali
debruçado no dia
morreriam o alecrim
a salsinha
secos de ciúme
ouvindo lamentos
domingos
domingos

Fêre Rocha

Anúncios
Esse post foi publicado em Poema, Poesia, Poet, Poetry e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s