Borboleta desgraçada

borboletaaaa

E era uma troca, eu diria, perfeita quando éramos nós. Os meses que me impediam de vê-la eram longos, imensos. Uma ausência de sufocar, tanto que pra não encarar tal sufoco fiquei por vezes sem procurar por ela. Mas aí acontecia de a gente se falar. Então meu amigo, acontecia tudo, uma avalanche com seus blocos de neve a me soterrar de sensações e lembranças.

Lembro ter dito a ela das tais sensações que me provocava. Que ela me botava num estado parecido com uma viagem de ácido. Só que com carinho e tesão juntos, um pacote completo. Ela era o ácido que não posso comprar. Falei também que às vezes sonhava com ela na nitidez de uma tv de Led última geração. Bobagem? Ela sempre achava que era exagero ou que eu nem lembrava dela assim tanto. Minha meta por vezes fora fazer ela acreditar que era uma mulher da melhor geração e o quanto ela não fazia ideia do que nossas memórias me causavam.

Falávamos de qualquer assunto com a permissão natural e açucarada. Nada feria, toda palavra era bem-vinda e nua de preconceitos. Nada feria, só nossa ausência. Tínhamos visto naquele ano um bloco de carnaval de nome esquisito, “borboleta desgraçada”, rimos muito. Passamos anos lembrando disso, depois chorávamos escondido. Desgraçados. Repetíamos nossas preferências na cama, um elogiando o outro em tom de súplica. Negociei com ela a bundinha, acho que a saudade estava aguda, ela até prometeu pensar.

O melhor é que ela sabia que em qualquer condição aceitaria vê-la. Qualquer uma. Até mesmo sentar ao seu lado numa missa segurando sua mão e despedir-me apenas com abraços.

Desgraçadamente vivemos mais que as borboletas, meu amigo. É tempo demais pra não saber quando vamos pousar no mesmo lugar outra vez.
Me escreva também, o que tem feito?

Fêre Rocha

Anúncios
Esse post foi publicado em Conto e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s