O fio

Essa linha desde sempre traçada, guardada em nossas entranhas. Fio que nos iguala do primeiro choro ao último suspiro: a irremediável certeza de nada.

Fêre Rocha

Anúncios
Publicado em frase | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Enxame-me


Não tem cabimento
estar perto assim
do farto favo
que me faz espera
não falo
o estrago
da taça negada
teu mel a
centímetros de
meu umbigo e
você foge
você não chove
nós sem cabimento
meu respirar
(lamento)
em trovoadas

Fêre Rocha

 

Publicado em Poema, Poesia, Poet, Poetry | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Supremo

“Lady Justice” por Marcel van der Vlugt

supremo mesmo, só o outono.

.fêre.

Publicado em frase | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário